A ESCOLA  DE DANÇA

A Escola de Dança Petite Danse é um estabelecimento de ensino de caráter técnico–artístico-profissional autorizada pelo Conselho Estadual de Educação do Rio de Janeiro por ato de autorização Nº 788/2002 a ministrar o Curso de Educação Profissional, na área de artes com habilitação profissional em técnica de bailarinos para corpo de baile.

Desde 1988 a Petite vem trabalhando na formação de bailarinos através de uma proposta educacional cuidadosamente planejada, buscando desenvolver o estudo da dança através da formação correta e consciente do movimento, incentivando a capacidade de iniciativa e auto-confiança, estimulando o trabalho em equipe, o espírito cooperativo e de sensibilidade social.

A Escola de Dança Petite Danse é reconhecida internacionalmente por prêmios conquistados por seus alunos no Brasil e Exterior, como por exemplo: Prix de Lausanne, Festival Internacional de Joinville e Grand Prix de Nova Iorque.

A Escola oferece grande variedade de modalidades de dança com excelente qualidade no ensino para crianças, jovens e adultos.

Coordenação da Escola de Dança Petite Danse

COMO TUDO COMEÇOU

A Escola de Dança Petite Danse foi fundada no coração da Tijuca, em 1988, no Rio de Janeiro.

A Professora Nelma Darzi, fundadora e atual diretora artística da escola de dança foi quem deu os primeiros passos para a realização desse projeto. Com a ajuda de seus pais, que lhe doaram a casa, conseguiu montar a primeira estrutura necessária para uma escola de dança: uma sala de aula com piso apropriado, barra, espelho e uma pequena secretaria.

No segundo ano, a escola recebeu um importante auxílio através da administração de sua irmã Denise Darzi e do atendimento médico da Doutora Rosane Darzi. Iniciando assim, a grande família “Petite Danse”, uma extensão da família Darzi, uma escola com ambiente familiar e agradável.

Em 1991, uma grande conquista: a autorização do Conselho Estadual de Educação do Rio de Janeiro para a legalização de uma escola de formação profissional de nível técnico para bailarinos. Esse foi o grande passo para um total reconhecimento e seriedade do trabalho realizado.

Em 2001, foi fundada a unidade Itanhangá, na Barra da Tijuca. Esse foi o início da expansão de um trabalho bem realizado. Durante esse período, importantes parcerias foram firmadas, com intuito de levar a metodologia Petite Danse a diversos colégios, como Colégio Marista São José, Santa MarcelinaEverest.

Em 2014, surgiu a mais nova Unidade da Escola de Dança Petite Danse, localizada na Cidade Jardim, na Barra da Tijuca.

DEPOIMENTOS

NOVIDADES

  • Todo bailarino quer aprender formas para saltar mais alto e mais bonito sempre. Porém, para isso, mais do que força, é necessário ter muita técnica. Por isso, confira as dicas para melhorar os saltos organizadas pela Petite Danse: Fonte: Petite Danse. 1. Fortaleça a musculatura: as......

  • O fouetté é um dos passos mais lindos do ballet e, possivelmente, um dos mais difíceis. Um sonho muito comum entre bailarinas e bailarinos é conseguir fazer 32 fouttés com perfeição. Esse é um passo giratório em que uma perna é jogada para o lado......

  • Essa é uma pergunta muito comum e que a resposta geralmente não agrada muito as pessoas. Simplesmente porque não há uma idade certa para começar o ballet. Quando as pessoas perguntam qual a melhor idade para iniciar o ballet, nem sempre levam em conta certos......

  • Fazer uma maquiagem para o palco não é fácil. Mas sempre que há uma apresentação as bailarinas se preparam de forma impecável… É muito importante que desde novas, cada bailarina, aprenda a se maquiar e preparar seu cabelo para as apresentações. Por isso, veja como......